logo dedcnova

logo sc sdc




Transferência de carga da Ponte Hercílio Luz é adiada, por segurança

 

WhatsApp Image 2017-10-06 at 13.20.02

Fotos: Cleiton Ferrasso/ Ascom SDC

A operação de transferência de carga da Ponte Hercílio Luz foi transferida para segunda-feira, 9. Conforme a previsão meteorológica da Epagri/Ciram, há indicativos de temporais localizados com rajadas de ventos que podem chegar até 70 a 80km/h durante a madrugada. A partir disso, a Defesa Civil Estadual disse que não seria seguro trabalhar neste período. A Marinha também ressaltou a segurança. Seguindo a orientação, o presidente do Deinfra, Wanderley Agostini, conversou com os técnicos responsável pela obra e adiou a operação.

Conforme o plano de contingência apresentado pelo coordenador regional da Defesa Civil SC, Ricardo Ângelo Volpato, o trabalho seria realizado hoje se tivesse ventos de até 40km/h. "Nossa intenção é a segurança", afirmou.

WhatsApp Image 2017-10-06 at 13.19.39

Ainda na segunda-feira, às 10h, será feita nova reunião na parte insular da ponte, em Florianópolis, para decidir se o trabalho poderá ser realizado à noite. Se tive condição climática favorável, a operação inicia a partir das 22h.

WhatsApp Image 2017-10-06 at 13.19.39 1

Operação

A nova operação de transferência de carga da Ponte Hercílio Luz dá continuidade ao trabalho iniciado em fevereiro deste ano, quando foram transferidos inicialmente cerca de 20% da carga da ponte (com deslocamento de cerca de 10 centímetros) entre a noite do dia 11 e a madrugada do dia 12 de fevereiro. O procedimento é necessário para que o peso da obra original seja depositado gradativamente na estrutura provisória construída abaixo da ponte exclusivamente para a realização da restauração. Agora, os 80% restantes serão transferidos ao longo de quatro novas operações, realizadas sempre à noite para evitar influências térmicas.

A primeira delas poderá ocorrer na segunda-feira, 9. A previsão é concluir tudo dentro de 15 dias. Em cada operação, ocorrerá um novo deslocamento de cerca de 10 centímetros da estrutura da ponte, até completar um total de 40 centímetros. Após cada novo deslocamento concluído, será realizado um completo trabalho de monitoramento antes de liberar a operação seguinte. Junto ao procedimento de fevereiro, o deslocamento completo após as quatro novas operações somará 50 centímetros.


© 2012 | Joomla - v2.5 | Todos os Direitos Reservados |