logo dedcnova

logo sc sdc




Defesa Civil apresenta plano de contingência para operação na Ponte Hercílio Luz, em Florianópolis

 

IMG 3115

Fotos: Cleiton Ferrasso/ Ascom SDC

A transferência de carga da ponte Hercílio Luz, que está em obras, está confirmada para a noite desta segunda-feira, 9. Segundo o presidente do Departamento Estadual de Infraestrutura (Deinfra), Wanderley Agostini, o trabalho deve começar a partir das 23h. A decisão foi tomada após reunião, na manhã desta segunda-feira na sede da Associação Catarinense de Engenheiros (ACE), com técnicos e órgãos governamentais.

O governador do Estado, Raimundo Colombo, esteve presente na reunião de hoje. Na oportunidade, foi apresentado o histórico da obra, as próximas etapas, a previsão meteorológica e apresentação do plano de contingência elaborado pela Defesa Civil SC. A transferência de carga seria realizada na sexta,6, porém, as condições do tempo não foram favoráveis e o trabalho teve de ser adiado.

IMG 3105

O Coordenador Regional da Defesa Civil, Ricardo Ângelo Volpato, apresentou o plano de contingência para a operação desta noite. O plano contém as funções de cada instituição e os níveis de criticidade, sendo que o nível verde é condição normal de trabalho e o vermelho mais perigoso. 

 

Nível Operacional Verde

- Monitoramento sendo executado e analisado em tempo real pela

empresa RMG Engenharia e DEINFRA/SC;

- Operação transcorrendo dentro dos parâmetros de segurança

previstos;

- DEINFRA/SC informará o andamento da operação às

instituições envolvidas;

- Instituições em prontidão nas suas unidades.

 

Nível Operacional Amarelo

- Monitoramento executado e analisado em tempo real pela

empresa RMG Engenharia e DEINFRA/SC detectou anormalidades nos

padrões de segurança, não implicando em risco iminente;

- Operação paralisada para análise técnica das empresas RMG

Engenharia, Teixeira Duarte e DEINFRA/SC;

- DEINFRA/SC emitirá aviso para todas as instituições envolvidas;

- Instituições iniciam planejamentos operacionais internos;

- Instituições permanecem em prontidão em suas unidades;

- Após análise técnica e definição dos parâmetros de segurança

por parte do DEINFRA/SC, RMG Engenharia e Teixeira Duarte, a operação

será reiniciada retornando ao nível operacional Verde ou permanecerá

paralisada sendo deflagrado o nível operacional Laranja.

 

Nível Operacional Laranja

- A análise técnica das empresas RMG Engenharia, Teixeira

Duarte e DEINFRA/SC no nível amarelo teve como resultado algo fora dos

parâmetros pré estabelecidos, podendo representar risco iminente;

Todos os moradores próximos da ponte foram comunicados com antecedência.

- DEINFRA/SC acionará todas as instituições para comparecerem

imediatamente ao posto de comando;

- Instituições iniciam planejamentos operacionais internos;

- Instituições enviam representantes imediatamente ao posto de

comando;

- A operação segue paralisada até deliberação de todas as

instituições;

- Após reunião entre todas as instituições envolvidas e análise

técnica / definição dos parâmetros de segurança por parte do DEINFRA/SC,

RMG Engenharia e Teixeira Duarte, a operação será reiniciada retornando ao

nível operacional Verde ou permanecerá paralisada sendo deflagrado o nível

operacional Vermelho.

 

Nível Operacional Vermelho

- Em reunião entre todas as instituições envolvidas e análise

técnica / definição dos parâmetros de segurança por parte do DEINFRA/SC,

RMG Engenharia e Teixeira Duarte, foi constatado risco iminente de colapso,

desta forma deverão ser tomadas as providências estabelecidas no item

Preparação - Nível Operacional Vermelho

 

A transferência de carga

A nova operação de transferência de carga da Ponte Hercílio Luz dá continuidade ao trabalho iniciado em fevereiro deste ano, quando foram transferidos inicialmente cerca de 20% da carga da ponte (com deslocamento de cerca de 10 centímetros) entre a noite do dia 11 e a madrugada do dia 12 de fevereiro. O procedimento é necessário para que o peso da obra original seja depositado gradativamente na estrutura provisória construída abaixo da ponte exclusivamente para a realização da restauração. Agora os 80% restantes serão transferidos ao longo de quatro novas operações, realizadas sempre à noite, para evitar influências térmicas.

A primeira delas está programada para a noite desta segunda-feira e as outras três serão realizadas em seguida, mas não necessariamente em dias consecutivos. A previsão é concluir tudo dentro de 15 dias. Em cada operação, ocorrerá um novo deslocamento de cerca de 10 centímetros da estrutura da ponte, até completar um total de 40 centímetros. Após cada novo deslocamento concluído, será realizado um completo trabalho monitoramento antes de liberar a operação seguinte. Junto ao procedimento de fevereiro, o deslocamento completo após as quatro novas operações somará 50 centímetros.


© 2012 | Joomla - v2.5 | Todos os Direitos Reservados |