logo dedcnova

logo sc sdc




operação para garantir funcionamento dos serviços essenciais em SC.


Fotos: Jaqueline Noceti / Secom

O comitê de crise do Governo do Estado está trabalhando permanentemente para manter os serviços básicos essenciais em pleno funcionamento durante a paralisação dos caminhoneiros. A equipe está em constante avaliação das necessidades, no Centro Integrado de Gerenciamento de Riscos e Desastres (Cigerd), e cria estratégias para garantir a entrega dos insumos para as áreas que precisam.

"Não estamos em situação emergencial, estamos em situação de atenção. O que a gente pede para a população é que não acredite em falsas informações. Nós estamos aqui para garantir a ordem", reforça Rodrigo Moratelli, secretário da Defesa Civil do Estado.

A Secretaria de Segurança Pública trabalha com Serviço de Inteligência e mapeamento das manifestações e suas lideranças. "Essa ação nos possibilita negociar em casos de transporte das nossas necessidades em comboio. Até o momento conseguimos por meio das negociações garantir o tráfego de veículos com cargas de produtos agrícolas ou medicamentos, sem necessidade de uso da força", esclarece o secretário Alceu de Oliveira Pinto Júnior.

CIRURGIAS ELETIVAS CANCELADAS

Na área da Saúde, o secretário de estado Acélio Casagrande informou que as cirurgias eletivas foram canceladas temporariamente até que a situação se restabeleça. Essas cirurgias serão remarcadas e retomadas, em uma fila organizada, assim que a situação se normalizar. "A prioridade agora é garantir o atendimento de urgência e emergência, além de manter as atividades do SAMU", ressalta.



>>> Mais imagens na galeria

O secretário também destacou a ação da secretaria para manter a reserva de combustível e garantir, prioritariamente, as atividades do SC Transplantes e também apoio aos hospitais filantrópicos para manter o funcionamento das urgências, emergências e UTIs.

O comitê organizado no Cigerd está trabalhando com equipes de monitoramento em todo o Estado buscando minimizar os possíveis impactos à população, em todas as áreas. "O Estado está aqui para manter a ordem e garantir a segurança de todo e qualquer cidadão, catarinense, ou não, que estiver no nosso território", destaca Moratelli.

20 POSTOS AUTUADOS

Michael da Silva, diretor do Procon estadual, confirmou 20 autuações de postos de combustível nos últimos dois dias em Santa Catarina - sendo dois na tarde desta quinta-feira, 24, em Florianópolis - por prática de preços abusivos ou ocultação de produto. "Vamos manter essas operações para evitar danos ao consumidor e aplicar as sanções administrativas necessárias", disse. Os postos autuados foram lacrados por 24 horas com apoio do Ministério Público, Polícia Civil, Polícia Militar e Procon municipal.

O secretário de Comunicação, Gonzalo Pereira, destacou que o governador Eduardo Pinho Moreira acompanha, permanentemente, as atividades e as equipes do Cigerd. "O Governo do Estado reforça que o momento é de decisões responsáveis e que o movimento grevista deve estar ciente de sua responsabilidade em administrar e permitir a passagem de veículos cuja carga seja essencial à preservação de vida animal e vidas humanas. Acreditamos que esses veículos não podem sofrer qualquer tipo de obstrução do tráfego", concluiu.


© 2012 | Joomla - v2.5 | Todos os Direitos Reservados |