logo dedcnova

logo sc sdc




Mais qualidade nos alertas

Técnicos da Secretaria de Estado da Defesa Civil de Santa Catarina iniciaram o treinamento para a operação do sistema para a recepção, gravação, processamento e visualização de sinais, dados e imagens de satélites da série GOES-R. O treinamento está sendo realizado na Cidade de Enterprise, Estado do Alabama nos Estados Unidos da América, e se estende até o dia 15 de junho.

WhatsApp Image 2018-06-11 at 19.08.14

Técnicos da Defesa Civil durante a capacitação.

As atividades ocorrem na sede da empresa EEC (Enterprise Electronic Corporation). A equipe também está analisando a certificação da especificação prevista em edital de compra do equipamento. “Esta é mais uma etapa de um amplo conjunto de ações para o aprimoramento do sistema de monitoramento e alerta do Estado de Santa Catarina”, comentou o secretário de estado da DefesaCivil, Rodrigo Moratelli, que comanda a comitiva catarinense.

Segundo ele, as ações para a qualidade dos alertas iniciaram com a cobertura integral do território catarinense por radares meteorológicos e agora com a integração por imagens de satélite. Ele completa que é uma ação complexa Que também conta com o desenvolvimento de modelos meteorológicos e hidrológicos específicos para o nosso Estado, além da expansão da rede observacional de superfície com a instalação de sensores para o acompanhamento do de nível dos rios, volumes de chuvas e velocidade dos ventos.
Devido às características climáticas, o Estado de Santa Catarina precisa estar cada vez mais preparado para as adversidades. A tecnologia vem somar com as ações de prevenção, preparação e mitigação de desastres. Com dados confiáveis teremos a capacidade de antecipação dos fenômenos da natureza emitindo alertas cada vez mais precisos à população.

Além do pioneirismo na emissão de alertas por mensagem SMS, o Governo de Santa Catarina, através da Defesa Civil, busca a excelência na prestação de serviços. Esses fatores tornaram nosso Estado referência mundial no aspecto de proteção à população.

“Investimentos vultosos foram e estão sendo realizados. Muitos deles já colocados em prática”, explicou Moratelli usando como exemplo o Centro Integrado de Gerenciamento de Riscos e Desastres (CIGERD) em operação em Florianópolis.
“Esse é o nosso objetivo, desafios que fazem parte da rotina e do trabalho diário de todos os integrantes da Defesa Civil de Santa Catarina, em mais de 45 anos de existência, transformando nossa Santa e Bela em SANTA, BELA e SEGURA CATARINA”, finalizou o secretário.


© 2012 | Joomla - v2.5 | Todos os Direitos Reservados |