Defesa Civil e Agricultura reúnem municípios e apresentam projeto para perfuração de poços

 p1070556

As Secretarias de Estado da Defesa Civil e da Agricultura e da Pesca reuniram na manhã desta segunda-feira (29), prefeitos e representantes de 154 municipios catarinenses para apresentar os dois programas de perfuração de poços artesianos. Os dois juntos irão contemplar 536 novos poços com investimentos de aproximadamente R$ 17 milhões, em parceria com o Ministério da Integração Nacional e o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

“Esta ação integrada entre União, Estado e municípios, é uma importante medida preventiva para redução dos impactos da estiagem em Santa Catarina” destacou Emerson Emerim, diretor de prevenção da Defesa Civil Estadual.
    

O primeiro programa, convênio firmado entre a Secretaria da Defesa Civil e o Ministério da Integração Nacional, contemplará 100 municipios divididos em 16 convênios. O valor total é de R$ 11 milhões, sendo R$ 1,1 milhão de contrapartida estadual. Serão beneficiados municipios que tenham decretado mais de cinco vezes situação de emergência nos últimos 10 anos, conforme banco de dados da defesa civil nacional.

Já o segundo programa será por meio de financiamento junto ao BNDES, que faz parte do projeto Caminhos do Desenvolvimento do Pacto por Santa Catarina, no valor de R$ 611 milhões. Desse valor, 60 milhões foram aprovados pela Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina para combate a estigem, sendo que R$ 6,5 milhões são destinados para perfuração de 200 poços artesianos em 54 cidades que tenham decretado menos de cinco vezes situação de emergência nos 10 últimos anos.

Para o secretário da Agricultura e da Pesca, João Rodrigues, pela primeira vez, efetivamente, há uma ação para combater a estiagem no Estado. Ele lembra que no total há mais de R$ 80 milhões previstos para serem investidos no combate a estiagem, relatando que deste valor já foram liberados R$ 10 milhões do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) para entrega de equipamentos agrícolas para 100 municípios.

A construção dos poços artesianos está prevista para serem iniciadas em janeiro de 2013, mas até lá os prefeitos têm que providenciar toda documentação necessária para receberem o financiamento e o convênio. Os dois programas foram apresentados pelo secretário João Rodrigues e pelo diretor de Prevenção da Defesa Civil, Emerson Neri Emerin. Participaram do encontro o gerente regional da Secretaria de Relações Institucionais, Mauricio Weidgenant; secretários regionais e prefeitos dos municípios contemplados.

A Secretaria da Agricultura e da Pesca ficará responsável pela operacionalização técnica para perfuração destes poços artesianos. “A burocracia existe e não fomos nós que criamos, mas com a união dos governos federal, estadual e dos municípios estaremos cumprindo o cronograma que nos são exigidos para construção dos poços artesianos”, observou João Rodrigues.  Os programas compreendem quatro ações: estudo para verificação e definição dos locais a serem perfurados, por empresa especializada (através de processo licitatório); perfuração dos poços artesianos dos locais, referendados pelo estudo; aquisição de reservatório de polietileno com capacidade de 20 mil litros, para cada poço perfurado; e aquisição de sistema de bombeamento conforme definição da potência pela empresa responsável pela perfuração.

Relação dos 100 municípios beneficiados com 336 poços artesianos da Defesa Civil do Estado

Brunópolis Saudades
Campos Novos Tigrinhos
Ibiam Águas de Chapecó
Vargem Caibi
Canoinhas Cunhataí
Águas Frias Formosa do Sul
Caxambu do Sul Irati
Chapecó Mondaí
Cordilheira Alta Palmitos
Coronel Freitas Riqueza
Nova Erechim São Carlos
Nova Itaberaba Jardinópolis
Planalto Alegre Quilombo
Serra Alta Santiago do Sul
Sul Brasil União do Oeste
Concórdia Agrolândia
Irani Coronel Martins
Peritiba Galvão
Piratuba Novo Horizonte
Frei Rogério São Bernardino
Anchieta São Miguel do Oeste
Dionísio Cerqueira Bandeirante
Palma Sola Barra Bonita
Princesa Belmonte
São José do Cedro Descanso
José Boiteux Guaraciaba
Iporã do Oeste Paraíso
Itapiranga Arabutã
Santa Helena Arvoredo
São João do Oeste Ipumirim
Tunápolis Lindóia do Sul
Erval Velho Paial
Ibicaré Rio do Campo
Jaborá Pinheiro Preto
Joaçaba Salto Veloso
Luzerna Tangará
Ouro Abelardo Luz
Treze Tilhas Bom Jesus
Anita Garibaldi Entre Rios
São José do Cerrito Faxinal dos Guedes
Bom Jesus do Oeste Ipuaçu
Flor do Sertão Lajeado Grande
Iraceminha Marema
Maravilha Ouro Verde
Modelo Passos Maia
Pinhalzinho Ponte Serrada
Romelândia São Domingos
Saltinho Vargeão
Santa Terezinha do Progresso Xanxerê
São Miguel da Boa Vista Xaxim

 

Relação dos 54 municípios – Perfuração de Poços – Programa Caminhos do Desenvolvimento

Municípios
Abdon Batista Jupiá
Água Doce Lacerdópolis
Alto Bela Vista Lebon Régis
Arroio Trinta Macieira
Bom Jardim da Serra Mafra
Caçador Monte Carlo
Campo Belo do Sul Monte Castelo
Campo Erê Painel
Capão Alto Papanduva
Capinzal Ponte Alta
Catanduvas Porto União
Celso Ramos Presidente Castello Branco
Cerro Negro Presidente Getúlio
Chapadão do Lageado Rio das Antas
Cunha Porã Rio do Oeste
Curitibanos Salete
Dona Emma Santa Terezinha
Fraiburgo São Joaquim
Guarujá do Sul São Lourenço do Oeste
Guatambú Seara
Herval d´Oeste Taió
Imbuia Urupema
Iomerê Vargem Bonita
Ipira Videira
Irineópolis Vitor Meireles
Itá Witmarsum
Itaiópolis Xavantina